Exames preventivos durante toda a vida

A pesquisa científica preventiva básica deve ser realizada uma vez por ano, independentemente da idade. Eles incluem sua morfologia e exame de sangue. Também vale a pena examinar o nível de colesterol na natureza e açúcar. Esses testes servem muitos dados sobre a saúde e melhoram a detecção de doenças em um estágio inicial. Eles devem ser feitos regularmente, independentemente do estado de saúde e da condição social do corpo.Conhecimento básico sobre pesquisa científicaAs questões científicas devem ser alcançadas com o estômago vazio. No dia anterior, a ceia deve ser comida o mais tardar às 18h00. Refeições muito ricas e tardias aumentam o colesterol e a glicose na natureza. A morfologia é uma análise bioquímica do sangue. Seu resultado é o destino, seja a composição do sangue normal ou seja, o corpo não desenvolve inflamação (isso é mencionado no índice OB.Teste de açúcar

O estudo do nível de açúcar (glicose na natureza é determinado na última amostra, que é ocupada na morfologia. O resultado correto é colocado nas possibilidades de 70-00 mg / dL.Depois de completar 40 anos, geralmente é bom realizar regularmente um lipidograma. A partir daí você pode aprender sobre o nível geral de colesterol no sangue e sobre HDL e LDL, ou colesterol bom e fraco. Atualmente, o LDL (colesterol ruim é o mais prejudicial e ameaça a aterosclerose. O lipidograma informa sobre o nível de triglicéridos, isto é, gorduras, que são muito desagradáveis para o organismo da circulação do empregado (o seu valor é inferior a 150 mg / dl em valor.Teste de urina

https://flexa-plus-optima.eu/pt/Flexa Plus Optima - Uma fórmula macro-molecular inovadora para a saúde das suas articulações!

Todos os anos, também vale a pena examinar a urina, que permite verificar o funcionamento dos rins e todo o sistema urinário. É aconselhável ter mais raios X (raios X dos pulmões no plano para detectar uma possível tuberculose, que ainda é muito grave. Há também um ultra-som abdominal que é caro para avaliar, entre outros a condição do fígado, estômago, vesícula biliar, bexiga, duodeno e pâncreas.